siga-nos | seja fã
PUB
 

Telma Guerreiro e Humberto Brito

Imprimir Partilhar por email
29-08-2013 - 15:43
Em representação da Bujinkam Portugal – Associação para Estudo e Divulgação de Arte Ninja, Telma Guerreiro e Humberto Brito, membros da direcção, explicam o seu percurso e a motivação de pertencer a este grande grupo internacional.
 
Para os instrutores, é fundamental compreender que, a escola de Ninjutsu é um lugar de treino que se parece com um pequeno templo japonês. Está decorado com simplicidade, mas há uma atmosfera de culto no seu interior, onde cada objecto tem um significado e ocupa um lugar especial - o Kamidana (“altar dos deuses”) que se ergue no meio. 
 
Por cima, sobressai o olhar atento da fotografia do Soke (“herdeiro da tradição”) Masaaki Hatsumi - fundador e actual patriarca da Bujinkan.
 
Humberto Brito e Telma Guerreiro esclarecem que, o Ninjutsu, também conhecido pelo termo Ninpô, é uma arte marcial que surgiu durante o período medieval japonês (século VI), há mais de 800 anos, pela necessidade de guerreiros capazes de agir em quaisquer circunstâncias.
 
As tácticas de combate a curta distância, da altura, exigiam o aproximar-se do inimigo, a capacidade de derrubá-lo e decapitá-lo.
 
Neste contexto, o Ninjutsu reúne inúmeras técnicas que exigem um estudo constante por parte dos seus praticantes - embora à primeira vista, pareça incrivelmente fácil aplicar um golpe ao adversário, dando-lhe pouca ou nenhuma margem para resistir.
 
Com um percurso onde a paciência e a perseverança são as palavras-chave, Telma Guerreiro e Humberto Brito são um exemplo de dedicação e de continuidade da arte que praticam e cujos ensinamentos se constroem no tempo.
 
Telma Guerreiro iniciou a prática de Ninjutsu em 1988 com o Mestre Ernani Pinto Bastos, tendo sido a discípula a quem o Mestre passou o testemunho antes da sua morte. Pratica esta Arte de forma ininterrupta desde 1988, tendo assistido a inúmeros cursos nacionais e internacionais, nomeadamente Espanha, Alemanha, Inglaterra, e fez duas viagens de treino e estudo ao Japão, para aprender com o Mestre Dr. Masaaki Hatsumi, e tem nesta data o grau de Shidoshi 8ºDan. Foi também praticante de Iaidô como aluna do Mestre Alexandre Gomes da Costa, tem formação de Guarda Costas pela IBA – International Bodyguard Association desde 1997, através da qual trabalhou em Portugal e em Paris – França, como Guarda Costas de uma Familia Real Árabe. 
 
Actualmente é Presidente da Direcção da Bujinkan Portugal e Directora Técnica. 
 
Ministra no Ernani-san Dôjô as aulas para crianças e Defesa Pessoal Feminina.
 
Humberto Brito iniciou a prática de Ninjutsu em 1998 com o Mestre Ernani Pinto Bastos, treinando de forma ininterrupta até á presente data, tendo assistido também a inúmeros estágios nacionais e internacionais, nomeadamente em Espanha, Inglaterra, Noruega, e viajou duas vezes ao Japão para aprender directamente com o Mestre Masaaki Hatsumi. 
 
Começou a dar aulas em 2004 por indicação do Mestre Ernani Pinto Bastos e da Shidoshi Telma Guerreiro, sendo responsável pelas aulas de Ninjutsu para adultos, assim como pelas aulas de Defesa Pessoal. É o Vice-presidente da Bujinkan Portugal, e faz parte do Conselho Técnico. Foi também praticante de Iaidô como aluno do Mestre Alexandre Gomes da Costa. Tem nesta data o grau de Shidoshi 7ºDan.
 
Aos interessados em aprender:
 
A Shidoshi Telma Guerreiro e o Shidoshi Humberto Brito explicam que não é preciso ter capacidades especiais; ser atleta ou acrobata, pelo que, qualquer pessoa minimamente interessada poderá iniciar-se.
 
“É o Ninjutsu que se adapta à pessoa, não é a pessoa que tem necessariamente de se adaptar totalmente à arte”.
 
Suportados pelos ensinamentos que o Shihan Ernani Pinto Bastos, já falecido, lhes transmitiu, os instrutores afirmam que, “Não é um desporto de combate. Levaremos toda a nossa vida a treinar e a aprender” e especificam: “A aprendizagem começa com exercícios para protecção passiva do corpo. Nomeadamente o treino base de quedas - prática fundamental para desenvolver a habilidade corporal, a mobilidade e a flexibilidade.”
 
Humberto Brito esclarece que, esta primeira disciplina, denominada Taihenjutsu é considerada a “Arte de Mudar o Corpo” (de Tai - Corpo, Hen - mudar, e Jutsu - arte/perícia/técnica), que inclui os saltos, técnicas de queda, rolamentos e várias formas de deslocação em combate, incluindo a movimentação silenciosa (talvez a mais famosa característica dos Ninjas).
 
A partir do momento que as bases já são naturais na sua movimentação, o aluno está pronto para começar a aprender os princípios de treino com algumas armas tradicionais.
 
É de realçar que, Humberto Birot e Telma Guerreiro ministram a arte Ninja em Faro e que disponibilizam o seu conhecimento a todos quantos queiram experimentar e praticar. 
 
No Dôjô que representam e que tem o nome do Mestre Ernani Pinto Bastos, ensina-se o manejo, por exemplo, do Hanbô (bastão de 3 pés-90 centimetros), o Rokushakubô (bastão de 6 pés-180 centímetros), o Ninjatô (a Espada Ninja), os Senban Shuriken (estrelas de arremessar de quatro pontas), entre outras.
 
Em resumo, o título de Shihan é atribuído a partir do 10º Dan, e o máximo que se pode atingir é o 15º Dan.
 
Ernani Pinto Bastos, que empresta o nome ao novo Dôjô de Faro foi o único com este grau em Portugal.
 
Pela sua importância para o desenvolvimento desta arte no nosso país, pelos muitos ensinamentos que deixou e pelas conquistas realizadas, Ernani Pinto-Bastos que
descobriu o Ninjutsu há trinta anos pesquisando e estudando vários livros, foi ao Japão em 1988 e conheceu pessoalmente o Dr. Masaaki Hatsumi – conhecido internacionalmente como o grande Mestre e mentor da tradição dos Ninjas na actualidade.
 
Nesse mesmo ano, o Shihan fundou a “Bujinkan Portugal – Associação para o Estudo e Divulgação da Arte Ninja”, algo totalmente novo no nosso país.
 
De acordo com os Instrutores, Humberto Brito e Telma Guerreiro, que dão continuidade a todo esse trabalho e dedicação do Mestre Ernani, há normas que os alunos devem guardar e respeitar desde logo e que se resumem em duas palavras-chave: “paciência” e “perseverança”.
 
Conhecer o verdadeiro significado de ambas é a maior das lutas para qualquer candidato a Ninja.
 
Com um enorme sentido de responsabilidade e um particular desejo de continuar o testemunho que lhes foi deixado pelo Mestre, Humberto Brito e Telma Guerreiro disponibilizam o seu saber a todos quantos queiram experimentar e aprofundar mais conhecimentos.
 
Contactos:
 
Humberto Brito telemóvel 911 900 200
 
As aulas para adultos decorrem às segundas, quartas e sextas-feiras, das 20h00 às 21h30, ás terças e quintas das 19,30h ás 20,30h. Para mais informações estão disponíveis o e-mail: bujinkanportugal@gmail.com e também o website: www.bujinkanportugal.com  
 
Ninjutsu para crianças:
 
O Dôjô de Faro da Bujinkan Portugal, localizado no sítio da Galvana, também tem aulas de Ninjustu para crianças dos 6 aos 13 anos de idade.
 
O horário é: terças e quintas-feiras das 18h30 às 19h30. 
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Jorge Tavares



-

Russel M. Santos



-

Grupo de Charolas União Bordeirense



-

Anabela Afonso (Stª Bárbara de Nexe)



-

Francisco Rosado



PUB
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
FARO:Vem aí a Feira de Santa Iria adaptada aos novos tempos mas mantendo a tradição

FARO:Vem aí a Feira de Santa Iria adaptada aos novos tempos mas mantendo a tradição

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
LOULÉ:Vítor Aleixo tomou posse para novo mandato com casa arrumada e contas em dia

LOULÉ:Vítor Aleixo tomou posse para novo mandato com casa arrumada e contas em dia

ver mais
 
Steven Sousa Piedade quer último mandato para deixar "Marca Montenegro"

Steven Sousa Piedade quer último mandato para deixar "Marca Montenegro"

ver mais
 
Seleção Nacional volta a jogar no Estádio Algarve no próximo mês

Seleção Nacional volta a jogar no Estádio Algarve no próximo mês

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio