siga-nos | seja fã
PUB
 

Raúl Pires Ferreira Chaves

Raúl Pires Ferreira Chaves
Imprimir Partilhar por email
22-09-2013 - 00:09
Raúl Pires Ferreira Chaves, foi um Engenheiro Civil e Inventor português que viveu entre 1889 e 1967 cuja história e percurso de vida merece um destaque especial neste espaço de homenagem. Diplomado pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa, viveu e exerceu a sua actividade profissional em Portugal, mas também em Cabo Verde e na Guiné.
 
 
Foi um nome notável que se imortalizou pelas diversas invenções e concretizações que levou a cabo durante o seu percurso. 
 
De um modo resumido, porque não se pode jamais descrever totalmente uma obra singular e repleta de esforços, Raul Pires Ferreira Chaves foi director das obras públicas em Cabo Verde tendo aproveitado para realizar diversos trabalhos que melhoraram a habitabilidade e contribuíram para o desenvolvimento do arquipélago, como a descoberta e captação de água doce em nascentes submarinas na Ilha do Sal, entre outros pontos não menos relevantes. 
 
A sua acção estendeu-se também à Guiné Portuguesa (actual Guiné-Bissau), entre 1926 e 1932 onde foi Director das Obras Públicas e deu o nome a muitos trabalhos e projectos com vista à melhoria da qualidade de vida das populações. 
 
Raul Pires Ferreira Chaves foi também Presidente da Associação Industrial, Comercial e Agrícola na Guiné, sem esquecer que o seu nome está ainda associado a uma curiosa alcunha que, por si só, revela a dimensão do trabalho que prestou à comunidade, isto porque era designado como “Engenheiro Baga-baga”, em alusão a uma espécie autóctone de activas térmitas, que constrói os notáveis “morros baga-baga”, conhecidos pela sua quase indestrutibilidade. Durante a guerra, chegavam a servir de abrigo ao fogo dos morteiros, o que permite avaliar a imponência da sua obra. 
 
Raúl Pires Ferreira Chaves nasceu em Faro, a 27 de Maio de 1889, foi casado com Elvira da Conceição Ribeiro Ferreira Chaves, tendo o casal quatro filhos. 
 
O seu percurso mais marcante começou em 1915 quando se deslocou para Cabo Verde com a sua mulher tendo permanecido até 1926. 
 
Em 1936, após um período passado na Guiné e em Portugal, regressou aquele arquipélago como Director das Obras Públicas. Teve a seu cargo a construção de edifícios e infra-estruturas diversas, necessárias ao povoamento daquele território. 
 
De salientar que, Raul Pires Ferreira Chaves se confrontou com a enorme escassez de meios humanos e materiais, pelo que acumulou funções, foi professor no Liceu do Mindelo e mostrou sempre o seu empenho em saber mais e dar o seu melhor pelo progresso, lutando por fazer os recursos chegar onde eram necessários, pelo que, na Ilha do Sal localizou nascentes submarinas de água doce e conseguiu efectuar a sua captação. 
 
A maior abundância deste elemento, possibilitou o enorme aumento demográfico registado nas décadas seguintes naquela ilha, progresso que lhe ficou associado. 
 
Ao mesmo tempo e ainda em 1936, inventou e patenteou um revolucionário sistema de construção de alvenarias autoportantes com blocos modulares – o “Sistema e material MURUS”. Este invento foi desenvolvido durante um período de 4 anos em que permaneceu em Lisboa, onde viviam, a mulher e os filhos, bem como grande parte da sua família. 
 
Permitindo construir com grande qualidade e em muito menos tempo do que pelos processos até aí disponíveis, a invenção do “Sistema e material MURUS” ajudou a reduzir a enorme dependência do exterior que caracterizava a “indústria da construção” nas antigas colónias portuguesas. 
 
Também reduzia os custos de edificação, porque sendo local a produção dos blocos e a obtenção de parte da matéria-prima, o custo relativo ao transporte dos materiais de construção era substancialmente menor. 
 
Paralelamente a esta invenção, foi também arquitecto, uma vez que a escassez de técnicos assim o determinou fazendo com que Raul Pires Ferreira Chaves expressasse o seu singular sentido de estética na construção de monumentos, edifícios e urbanismo que acabaram por ficar com a sua marca pessoal. 
 
Raul Pires Ferreira Chaves ainda hoje é uma heróica fonte de inspiração para muitos novos talentos que procuram o sucesso a partir do trabalho, empenho e dedicação ao que sempre defendeu. É um ilustre algarvio que certamente não será esquecido pela sua obra e percurso exemplares. 
 
Não menos importante é o facto de Raul Pires Ferreira Chaves possuir grau de parentesco com várias figuras de raiz algarvia que se destacaram dentro e fora da região o que de todo enaltece o Algarve enquanto terra de talentos e de gente grande. 
 
(Actualização:20-04-11)
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Jorge Tavares



-

Russel M. Santos



-

Grupo de Charolas União Bordeirense



-

Anabela Afonso (Stª Bárbara de Nexe)



-

Francisco Rosado



PUB
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
Algarve:Termómetros vão subir ainda mais

Algarve:Termómetros vão subir ainda mais

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
PORTIMÃO:CHAlgarve cria serviço para acompanhamento personalizado aos utentes

PORTIMÃO:CHAlgarve cria serviço para acompanhamento personalizado aos utentes

ver mais
 
Centro de Ciência Viva de Tavira promove ação gratuita para "cativar o público"

Centro de Ciência Viva de Tavira promove ação gratuita para "cativar o público"

ver mais
 
PAN contactou Resort algarvio por denúncias de ataques a gaivotas

PAN contactou Resort algarvio por denúncias de ataques a gaivotas

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio