siga-nos | seja fã
PUB
 

Mulheres procuram amantes para satisfazer fantasias sexuais

Mulheres procuram amantes para satisfazer fantasias sexuais
Imprimir Partilhar por email
09-12-2014 - 22:34
É cada vez mais uma realidade que, outrora estava associada ao sexo masculino. As mulheres procuram satisfazer as fantasias sexuais fora de casa, ainda que, tenham o marido perfeito e o melhor pai do mundo.
 
Estas são as conclusões do estudo levado a cabo por um site de relações extraconjugais.
 
Apesar de, os resultados não se referirem em concreto ás mulheres portuguesas ou a qualquer outra nacionalidade, os especialistas acreditam que, o fenómeno seja intercultural.
 
Os sexólogos acreditam que, tal como os homens dizem procurar fora de casa a realização de fantasias sexuais, igualmente as mulheres o fazem, já que, a vontade de realizar fantasias é uma das razões da infidelidade.
 
As mulheres afirmam que, o companheiro perfeito lhes oferece estabilidade, é divertido, confiável e romântico, enquanto que, o amante ideal proporciona aventura, é misterioso, atrevido e apaixonado. 
 
Para muitas mulheres, o marido de sonho tem uma diferença de idade de quatro anos, no entanto, nas relações extraconjugais não há qualquer problema se for até aos 12. 
 
Se o amante for estrangeiro, melhor ainda. Estas são algumas das conclusões de um estudo feito pelo Gleeden.com, um site dedicado a relações extraconjugais. 
 
A pesquisa não incluiu mulheres portuguesas, mas os sexólogos acreditam que, por cá, as mulheres também fantasiam com um homem diferente daquele que têm em casa para manter relações secretas.
 
O facto de a mulher querer no amante o oposto do companheiro não é motivo de surpresa para os especialistas, uma vez que, quando uma pessoa não está satisfeita, tendencialmente procura uma alternativa que, nestes casos, se traduz em infidelidade.
 
Se por um lado, as mulheres se preocupam com a manutenção do casamento, da relações com os filhos, também a sexualidade está a ganhar espaço nos pensamentos e fantasias femininas, o que traduz não querer terminar um relacionamento, mas sim procurar uma «compensação» ao que lhes falta dentro de casa. 
 
Esta realidade tem sido sobejamente conhecida e evidenciada no público masculino e, de acordo com este estudo, está a ganhar expressão no feminino.
 
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Quando a ansiedade nos atrapalha os planos  



-

Mindfulness:Treino e principais benefícios



-

Diferenças entre empatia e contágio emocional



-

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional



-

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança



PUB
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
Nota de Pesar do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve pelo falecimento do Dr. Larguito Claro

Nota de Pesar do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve pelo falecimento do Dr. Larguito Claro

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Unidades hoteleiras e empreendimentos turísticos do Algarve integram rede de suporte básico de vida

Unidades hoteleiras e empreendimentos turísticos do Algarve integram rede de suporte básico de vida

ver mais
 
Nota de Pesar da Câmara Municipal de Faro pelo falecimento do Dr. Larguito Claro

Nota de Pesar da Câmara Municipal de Faro pelo falecimento do Dr. Larguito Claro

ver mais
 
Nota de Pesar do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve pelo falecimento do Dr. Larguito Claro

Nota de Pesar do Conselho de Administração do Centro Hospitalar Universitário do Algarve pelo falecimento do Dr. Larguito Claro

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio