siga-nos | seja fã
PUB
 

Maria José Fraqueza

Maria José Fraqueza
Imprimir Partilhar por email
27-10-2013 - 10:34
Falar de Maria José Fraqueza é enaltecer uma personalidade regional ligada à cultura de um modo geral, à escrita e à poesia em particular e, acima de tudo, reconhecer um percurso de entrega à terra que a viu nascer e ao Algarve.
 
 
Maria José Viegas da Conceição Fraqueza é natural da Fuzeta, nasceu a 8 de Maio de 1936, é professora aposentada do ensino secundário, do Ramo Secretariado e Tecnologias da Informação e, através do seu percurso e dedicação a inúmeras causas culturais, tem levado o nome da Fuzeta além fronteiras, motivo pelo qual merece uma distinção singular. 
 
Ao longo do seu percurso tem promovido a sua profissão de forma exemplar bem como diversas actividades culturais, desde a poesia, o teatro, a rádio, o jornalismo, o canto, exposições, passagens de modelos, jogos florais, e outros concursos literários de elevada relevância em que participou dentro e fora do país. 
 
A sua ligação à Fuzeta é, podendo mesmo afirmar-se que, Maria José Fraqueza se funde com o próprio nome da terra que a viu nascer, pois da descrição de espaços, pessoas e ambientes nos seus livros, passando para a intensidade afectiva que coloca nos seus textos, percebe-se facilmente a razão pela qual foi 
 
Directora Cultural do Sport Lisboa e Fuzeta e porque se habituou a levar a cabo iniciativas de índole cultural sem capacidade para negar o seu apoio aos mais variados grupos que integrou e que mantém ao longo do tempo. 
 
Também ligada ao Elos Clube de Faro, faz parte do seu currículo o cargo de Vice-Presidente do Clube de Simpatia e da Associação de Jornalistas e Escritores do Algarve e de Sub-directora do Jornal Correio Meridional. 
 
Um rosto e uma voz bem conhecida também na rádio Gilão, Maria José Fraqueza é Directora dos Jogos Florais Internacionais de Nossa Senhora do Carmo e organizadora de vários Concursos Internacionais de Quadras Natalinas e do Concurso de Quadras Antoninas e fundadora do I Concurso de Quadras Juaninas (quadras de S. João) da Cidade de Olhão. 
 
O seu talento estendeu-se ao cargo de Presidente da Sociedade de Cultura Latina do Brasil – Mogi das Cruzes de São Paulo, em Portugal. 
 
Maria José Fraqueza tem conhecido algumas merecidas distinções como é o caso do título de Poeta Trovador do Século – Magé do Rio de Janeiro, Personalidade Internacional 1999 de São Paulo no Brasil, membro da Academia Brasileira de Trova de Niterói e do Intituto Cultural do Vale Caririense em Ceará no Brasil e da Accademia Internazionale “Il Convívio” Sicília em Itália. 
 
Foi homenageada como “Profissional do Ano” na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve pelo “Rotário Clube de Faro” e como “Directora Cultural” pelo Elos Clube de Faro e pela Associação Cultural Fusetense. 
 
Formou o Grupo de Charolas “As Matraqueiras” e o “Grupo Coral – Cantares da Mana Anica”, com o qual participou no Coliseu dos Recreios em Lisboa com uma canção popular da sua autoria intitulada: “Anica perdeu a saia” e o Grupo de Teatro de Nossa Senhora do Carmo. 
 
Também as exposições de pintura e caligrafia artística fazem parte da sua inspiração e percurso, sendo de enaltecer a sua participação em várias exposições individuais e colectivas, sendo de realçar a Pintura a óleo, na apresentação à terra do seu livro – Cântico das Ondas –na Biblioteca Calouste Gulbenkian da Fuzeta. 
 
Exposições Colectivas: Óleo sobre tela – Casa do Povo de Moncarapacho – 2000 e Ordem dos Médicos em Lisboa – Maio – Junho 2001. 
 
Maria José Fraqueza foi seleccionada pela Phoenix Editora – São Paulo para a I Antologia Internacional Palavras do 3º Milénio – 2001 e por Arnaldo Giraldo Editor – São Paulo para 2 antologias – 500 Outonos de Prosa e Verso e Antologia Reverberações – conto – Poesia e Crónicas. 
 
O seu nome está ainda ligado a canções premiadas com o 1º prémio no Festival Internacional da Canção do Sul – Algarve com os seguintes temas: 
 
– Quando a Lua Sorri 
– Canção da Paz 
– O Fado é Portugal 
– O Meu Sentir 
 
A sua projecção ganhou também expressão enquanto elemento do júri de vários concursos realizados em Portugal, Itália e Brasil. Foi premiada com centenas de prémios em Jogos Florais e Concursos de Poesia a nível nacional e internacional, sendo de enaltecer várias obras individuais publicadas que igualmente ilustram as suas qualidades enquanto escritora. 
 
Assim, no âmbito da poesia e porque se tem sempre de resumir o talento desta escritora, destacamos, “Histórias da Minha Terra – Poesia Narrativa - 1989 - 1 ª e 2ª edições”; “Alcunhas e Apelidos – Poesia Humorística – 1989”; “Murmúrios do Mar – Poesias – 1990”; “Vendavais da Alma – Sonetos – 1994”; “Há Natal dentro de mim – Poemas de Nata1 - 1ª Edição – 1995”; “Maresias Infinitas – Poemas Inéditos – 1996”; “Cântico das Ondas – Poemas Inéditos – 1998”; “Há Natal dentro de Mim – Poemas de Natal - 2ª edição – 1999”; “Maré de Trovas – Trovas premiadas – 2000”; 
“Cantando o Mar – Fevereiro – 2006”; “Sob as Margens do Gilão – 5 Março 2006”. 
 
No âmbito da prosa, Maria José Fraqueza destaca-se com temas bem conhecidos do grande público, “No tempo da Mana Anica – Conto – 1995”; “Os meus Contos de Natal – Dezembro 2006”; “Pragas Algarvias – Dezembro – 2006”. 
 
No que se refere ao teatro, o nome da escritora e poetisa está ligado a várias peças que já percorreram o país como sendo, “Lenga-lenga de Surdos, Auto de Nossa Senhora do Carmo”; “Auto de Nossa Senhora do Livramento”; Auto das Costureiras”; “Auto dos Casamentos à moda da Fuzeta”; “Auto do tio Campina”; “Auto dos Mariscos”; “Auto dos Toques da Morte”; “A Mercearia da Esquina”; bem como muitos outros que não sendo enumerados, não deixam de ser valorizados como sendo um motivo de enorme enaltecimento. 
 
Organizadora das Marchas Populares do Sport Lisboa e Benfica, desde há alguns anos, que se exibe por todo o concelho pelos Santos Populares merecendo os aplausos dos muitos a que têm assistido e testemunhado a criatividade de Maria José Fraqueza que tem dado um colorido particular ao momento festivo. 
 
Enquanto professora ficou naturalmente associada à criação de alguns Clubes a nível escolar, como sendo o Clube de Poesia ou o Clube de Teatro. 
 
Foi convidada do programa “Praça da Alegria”, onde teve oportunidade de se mostrar na sua forma mais pura e artística. 
 
Maria José Fraqueza escreveu letras de canções cantadas e registradas pelo artista Fernando Carvalho e Banda Topázio, conta no seu currículo com alguns fados da sua autoria que foram cantados em festivais de fado amador, bem como letras de canções e marchas populares. 
 
É ainda autora da letra da Marcha das Mouras Encantadas, ensaiadora, desenhadora dos arcos e da sua confecção e dos respectivos adornos utilizados no desfile. 
 
A sua “experiência diária” é actualizada no seu blog:http://www.poesiaemmovimento.blogspot.com
 
Para se poder apreciar um resumo-vivo do seu trajecto pessoal e profissional, Maria José Fraqueza convida a uma visita na sua Casa Museu, criada em Novembro de 2008 e que tem ao dispor do visitante uma viagem pelo talento numa decoração muito ao seu jeito, onde não faltam troféus, livros, peças de arte e um infinito de letras e palavras por si magicamente desenhadas. 
 
A Casa Museu de Maria José Fraqueza está situada na Rua Teófilo Braga, nº 73 na Fuzeta e tem o contacto 289793286 para marcações. 
 
(Actualização:05.08.11)
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Manuela Sabino



-

Patrícia Amado



-

Celeste Martins (Moncarapacho)



-

Mário Centeno



-

António João Eusébio (Moncarapacho)



PUB
 
PUB
 
ÁREA CLIENTES
Allô Pizza
Os apreciadores da verdadeira pizza italiana conhecem a casa, local agradável, bom ambiente e boa-disposição.
ver mais
 
Restaurante Os Arcos
A melhor gastronomia algarvia
ver mais
 
Loja das Taças
Se és campeão a loja das Taças põe-te o Troféu na mão
ver mais
 
 
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
Autarquia de Lagoa apoiou cinco alunos a participarem nos cursos de verão da Ualg

Autarquia de Lagoa apoiou cinco alunos a participarem nos cursos de verão da Ualg

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Autarquia de Lagoa apoiou cinco alunos a participarem nos cursos de verão da Ualg

Autarquia de Lagoa apoiou cinco alunos a participarem nos cursos de verão da Ualg

ver mais
 
PS Aljezur apresentou candidatos às eleições autárquicas

PS Aljezur apresentou candidatos às eleições autárquicas

ver mais
 
SILVES:Grupo Coral da Sociedade Filarmónica Silvense apresenta-se na Casa da Cultura Islmâmica e Mediterrânica

SILVES:Grupo Coral da Sociedade Filarmónica Silvense apresenta-se na Casa da Cultura Islmâmica e Mediterrânica

ver mais
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio