siga-nos | seja fã
PUB
 

Maria José Fraqueza

Maria José Fraqueza
Imprimir Partilhar por email
27-10-2013 - 10:34
Falar de Maria José Fraqueza é enaltecer uma personalidade regional ligada à cultura de um modo geral, à escrita e à poesia em particular e, acima de tudo, reconhecer um percurso de entrega à terra que a viu nascer e ao Algarve.
 
 
Maria José Viegas da Conceição Fraqueza é natural da Fuzeta, nasceu a 8 de Maio de 1936, é professora aposentada do ensino secundário, do Ramo Secretariado e Tecnologias da Informação e, através do seu percurso e dedicação a inúmeras causas culturais, tem levado o nome da Fuzeta além fronteiras, motivo pelo qual merece uma distinção singular. 
 
Ao longo do seu percurso tem promovido a sua profissão de forma exemplar bem como diversas actividades culturais, desde a poesia, o teatro, a rádio, o jornalismo, o canto, exposições, passagens de modelos, jogos florais, e outros concursos literários de elevada relevância em que participou dentro e fora do país. 
 
A sua ligação à Fuzeta é, podendo mesmo afirmar-se que, Maria José Fraqueza se funde com o próprio nome da terra que a viu nascer, pois da descrição de espaços, pessoas e ambientes nos seus livros, passando para a intensidade afectiva que coloca nos seus textos, percebe-se facilmente a razão pela qual foi 
 
Directora Cultural do Sport Lisboa e Fuzeta e porque se habituou a levar a cabo iniciativas de índole cultural sem capacidade para negar o seu apoio aos mais variados grupos que integrou e que mantém ao longo do tempo. 
 
Também ligada ao Elos Clube de Faro, faz parte do seu currículo o cargo de Vice-Presidente do Clube de Simpatia e da Associação de Jornalistas e Escritores do Algarve e de Sub-directora do Jornal Correio Meridional. 
 
Um rosto e uma voz bem conhecida também na rádio Gilão, Maria José Fraqueza é Directora dos Jogos Florais Internacionais de Nossa Senhora do Carmo e organizadora de vários Concursos Internacionais de Quadras Natalinas e do Concurso de Quadras Antoninas e fundadora do I Concurso de Quadras Juaninas (quadras de S. João) da Cidade de Olhão. 
 
O seu talento estendeu-se ao cargo de Presidente da Sociedade de Cultura Latina do Brasil – Mogi das Cruzes de São Paulo, em Portugal. 
 
Maria José Fraqueza tem conhecido algumas merecidas distinções como é o caso do título de Poeta Trovador do Século – Magé do Rio de Janeiro, Personalidade Internacional 1999 de São Paulo no Brasil, membro da Academia Brasileira de Trova de Niterói e do Intituto Cultural do Vale Caririense em Ceará no Brasil e da Accademia Internazionale “Il Convívio” Sicília em Itália. 
 
Foi homenageada como “Profissional do Ano” na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve pelo “Rotário Clube de Faro” e como “Directora Cultural” pelo Elos Clube de Faro e pela Associação Cultural Fusetense. 
 
Formou o Grupo de Charolas “As Matraqueiras” e o “Grupo Coral – Cantares da Mana Anica”, com o qual participou no Coliseu dos Recreios em Lisboa com uma canção popular da sua autoria intitulada: “Anica perdeu a saia” e o Grupo de Teatro de Nossa Senhora do Carmo. 
 
Também as exposições de pintura e caligrafia artística fazem parte da sua inspiração e percurso, sendo de enaltecer a sua participação em várias exposições individuais e colectivas, sendo de realçar a Pintura a óleo, na apresentação à terra do seu livro – Cântico das Ondas –na Biblioteca Calouste Gulbenkian da Fuzeta. 
 
Exposições Colectivas: Óleo sobre tela – Casa do Povo de Moncarapacho – 2000 e Ordem dos Médicos em Lisboa – Maio – Junho 2001. 
 
Maria José Fraqueza foi seleccionada pela Phoenix Editora – São Paulo para a I Antologia Internacional Palavras do 3º Milénio – 2001 e por Arnaldo Giraldo Editor – São Paulo para 2 antologias – 500 Outonos de Prosa e Verso e Antologia Reverberações – conto – Poesia e Crónicas. 
 
O seu nome está ainda ligado a canções premiadas com o 1º prémio no Festival Internacional da Canção do Sul – Algarve com os seguintes temas: 
 
– Quando a Lua Sorri 
– Canção da Paz 
– O Fado é Portugal 
– O Meu Sentir 
 
A sua projecção ganhou também expressão enquanto elemento do júri de vários concursos realizados em Portugal, Itália e Brasil. Foi premiada com centenas de prémios em Jogos Florais e Concursos de Poesia a nível nacional e internacional, sendo de enaltecer várias obras individuais publicadas que igualmente ilustram as suas qualidades enquanto escritora. 
 
Assim, no âmbito da poesia e porque se tem sempre de resumir o talento desta escritora, destacamos, “Histórias da Minha Terra – Poesia Narrativa - 1989 - 1 ª e 2ª edições”; “Alcunhas e Apelidos – Poesia Humorística – 1989”; “Murmúrios do Mar – Poesias – 1990”; “Vendavais da Alma – Sonetos – 1994”; “Há Natal dentro de mim – Poemas de Nata1 - 1ª Edição – 1995”; “Maresias Infinitas – Poemas Inéditos – 1996”; “Cântico das Ondas – Poemas Inéditos – 1998”; “Há Natal dentro de Mim – Poemas de Natal - 2ª edição – 1999”; “Maré de Trovas – Trovas premiadas – 2000”; 
“Cantando o Mar – Fevereiro – 2006”; “Sob as Margens do Gilão – 5 Março 2006”. 
 
No âmbito da prosa, Maria José Fraqueza destaca-se com temas bem conhecidos do grande público, “No tempo da Mana Anica – Conto – 1995”; “Os meus Contos de Natal – Dezembro 2006”; “Pragas Algarvias – Dezembro – 2006”. 
 
No que se refere ao teatro, o nome da escritora e poetisa está ligado a várias peças que já percorreram o país como sendo, “Lenga-lenga de Surdos, Auto de Nossa Senhora do Carmo”; “Auto de Nossa Senhora do Livramento”; Auto das Costureiras”; “Auto dos Casamentos à moda da Fuzeta”; “Auto do tio Campina”; “Auto dos Mariscos”; “Auto dos Toques da Morte”; “A Mercearia da Esquina”; bem como muitos outros que não sendo enumerados, não deixam de ser valorizados como sendo um motivo de enorme enaltecimento. 
 
Organizadora das Marchas Populares do Sport Lisboa e Benfica, desde há alguns anos, que se exibe por todo o concelho pelos Santos Populares merecendo os aplausos dos muitos a que têm assistido e testemunhado a criatividade de Maria José Fraqueza que tem dado um colorido particular ao momento festivo. 
 
Enquanto professora ficou naturalmente associada à criação de alguns Clubes a nível escolar, como sendo o Clube de Poesia ou o Clube de Teatro. 
 
Foi convidada do programa “Praça da Alegria”, onde teve oportunidade de se mostrar na sua forma mais pura e artística. 
 
Maria José Fraqueza escreveu letras de canções cantadas e registradas pelo artista Fernando Carvalho e Banda Topázio, conta no seu currículo com alguns fados da sua autoria que foram cantados em festivais de fado amador, bem como letras de canções e marchas populares. 
 
É ainda autora da letra da Marcha das Mouras Encantadas, ensaiadora, desenhadora dos arcos e da sua confecção e dos respectivos adornos utilizados no desfile. 
 
A sua “experiência diária” é actualizada no seu blog:http://www.poesiaemmovimento.blogspot.com
 
Para se poder apreciar um resumo-vivo do seu trajecto pessoal e profissional, Maria José Fraqueza convida a uma visita na sua Casa Museu, criada em Novembro de 2008 e que tem ao dispor do visitante uma viagem pelo talento numa decoração muito ao seu jeito, onde não faltam troféus, livros, peças de arte e um infinito de letras e palavras por si magicamente desenhadas. 
 
A Casa Museu de Maria José Fraqueza está situada na Rua Teófilo Braga, nº 73 na Fuzeta e tem o contacto 289793286 para marcações. 
 
(Actualização:05.08.11)
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Manuela Sabino



-

Patrícia Amado



-

Celeste Martins (Moncarapacho)



-

Mário Centeno



-

António João Eusébio (Moncarapacho)



PUB
 
PUB
 
ÁREA CLIENTES
Allô Pizza
Os apreciadores da verdadeira pizza italiana conhecem a casa, local agradável, bom ambiente e boa-disposição.
ver mais
 
Escola de Condução C.C.S
Escola de Condução para Motociclos e Veículos Ligeiros.
ver mais
 
Restaurante Os Arcos
A melhor gastronomia algarvia
ver mais
 
 
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
FARO:Passados treze anos, Largo das Mouras Velhas está requalificado

FARO:Passados treze anos, Largo das Mouras Velhas está requalificado

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Portimão assume que quer ser Cidade Europeia do Desporto em 2019

Portimão assume que quer ser Cidade Europeia do Desporto em 2019

ver mais
 
TAVIRA:Advogado detido por burla proibido de contactar com lesados

TAVIRA:Advogado detido por burla proibido de contactar com lesados

ver mais
 
Bloco de Esquerda de Albufeira critica artigo da Autarquia sobre campanha da Coca-Cola

Bloco de Esquerda de Albufeira critica artigo da Autarquia sobre campanha da Coca-Cola

ver mais
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio