siga-nos | seja fã
PUB
 

LAGOS:PCP continua indignado com falta de condições do posto da GNR

LAGOS:PCP continua indignado com falta de condições do posto da GNR
Imprimir Partilhar por email
09-10-2017 - 22:54
O Grupo Parlamentar do PCP fez chegar às redações um comunicado dando conta da sua indignação face ao arrastanmento da uma situação que consodera “indigna” para com os profisisonais da Guarda Nacional Republicana de Lagos.
 
No mesmo documento, o referido grupo parlamentar represnetado pelo deputado Paulo Sá, dá conta de “sucessivos adiamentos na recuperação do edifício onde gunciona o posto da GNR de Lagos".
 
Em julho de 2012, o Grupo Parlamentar do PCP diz ter questionado o anterior Governo PSD/CDS sobre "as condições deploráveis de alguns postos da GNR no Algarve, em particular, do Posto Territorial de Lagos".
 
Na sua resposta, o Governo reconheceu que “as instalações [do Posto Territorial de Lagos] encontram-se degradadas e desajustadas face às necessidades do serviço da GNR, não oferecendo as melhores condições de trabalhos aos militares nem para os cidadãos”.
 
Avança o mesmo comunicado do PCP que, ”o anterior Governo PSD/CDS nada fez, situação que foi denunciada pelo Grupo Parlamentar do PCP em mais três perguntas ao Governo e em diversas audições parlamentares ao Ministro da Administração Interna”.
 
Em julho de 2016, meses depois da tomada de posse do atual Governo, uma delegação do PCP, integrando o deputado Paulo Sá eleito pelo Algarve, visitou novamente o Posto Territorial de Lagos da GNR, onde diz ter "confirmado que as instalações se encontravam ainda mais degradadas, com múltiplas infiltrações, estuque de paredes e teto a cair, portas e portadas a desfazerem-se e intenso cheiro a mofo em algumas divisões”.
 
O PCP reforçou a sua posição dando conta de que, “estas instalações não ofereciam condições adequadas de trabalho aos profissionais da GNR e de atendimento ao público, nem o espaço do Posto onde viviam alguns elementos da Guarda tinha condições de habitabilidade minimamente aceitáveis (nessa altura, o PCP assinalou que um profissional da GNR havia contraído uma infeção pulmonar devido às desadequadas condições de habitabilidade do espaço)”.
 
Na sequência dessa visita, “o Grupo Parlamentar do PCP voltou questionou o Governo sobre as novas instalações do Posto Territorial de Lagos da GNR”.
 
Na sua resposta, “o Governo informou que em abril de 2015 foi celebrado um protocolo entre a Câmara Municipal de Lagos e a GNR para a reinstalação desta infraestrutura [Posto Territorial de Lagos] num edifício [situado no Chinicato] de que é proprietária a autarquia”, que “pese embora o protocolo referido tenha sido celebrado há quase ano e meio, só agora está a ser concluído o projeto de execução que determinará as obras de adaptação necessárias às instalações do Posto Territorial e respetivos custos” e que “prevê-se que o concurso de empreitada seja iniciado em breve, de modo a que as obras estejam concluídas nos primeiros meses de 2017”.
 
No coumunicado enviado à imprensa, O PCP adverte: “estamos em outubro de 2017 e, de acordo com as informações recolhidas pelo PCP, as obras de adaptação ainda nem sequer se iniciaram, uma situação insustentável, traduzindo-se numa violação do direito dos profissionais da GNR de Lagos à prestação do trabalho em condições adequadas, de segurança e de saúde, principalmente tendo em conta a enorme exigência inerente às funções que lhe estão atribuídas”.
 
Dando forma à sua indignação, o mesmo Grupo Parlamentar questionou a Ministra da Administração Interna, dirigindo-lhe um conjunto de perguntas, que passam por saber “como explica o Governo o significativo atraso das obras de adaptação do novo Posto Territorial de Lagos da GNR, quando terão início e para quando a sua conclusão e que medidas foram ou estão a ser tomadas pelo Governo para que não se verifiquem novos atrasos no início e conclusão das mesmas".
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

PCP promove debate no Club Farense sobre "Ciência, Tecnologia ao serviço do progresso social"



-

PAN e Câmara Municipal de Albufeira estabelecem «compromisso político»



-

Jamila Madeira na vice-presidência do grupo parlamentar do PS



-

Autárquicas::Veja os resultados por Concelho



-

Autárquicas:Depois de conseguir atrair turistas Monchique quer agora «fixá-los» no concelho



PUB
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
Manifestação em Faro revoltada com "inércia" no combate aos fogos

Manifestação em Faro revoltada com "inércia" no combate aos fogos

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Tavira põe todos a fazer desporto

Tavira põe todos a fazer desporto

ver mais
 
Festa com Ciência junta Noite das Bruxas em Tavira

Festa com Ciência junta Noite das Bruxas em Tavira

ver mais
 
Jovem velejadora de Portimão representa Portugal nas Bermudas

Jovem velejadora de Portimão representa Portugal nas Bermudas

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio