siga-nos | seja fã
PUB
 

João Lúcio

João Lúcio
Imprimir Partilhar por email
09-11-2013 - 22:32
João Lúcio Pousão Pereira, nasceu no dia 4 de Julho de 1880 em Olhão e terá falecido 38 anos mais tarde, em 26 de Outubro de 1918. Mais conhecido pelo poeta João Lúcio devido ás publicações e a uma especial vocação para a escrita, é ainda hoje considerado como uma celebridade da poesia portuguesa e distinguido no Algarve.
 
 
Em Olhão, a população associa a João Lúcio uma obra ímpar e um chalé envolve em mistérios, sobretudo devido à sua localização e beleza arquitectónica. Um pouco por todo o Algarve, João Lúcio assumiu o estatuto de poeta sobretudo com a publicação de obras como: 
 
“O Meu Algarve” ou “Espalhando fantasmas”, muito embora o poeta tenha estado à altura dos grandes nomes da Renascença Portuguesa. A menor popularidade de João Lúcio, poderá ter-se devido ao seu afastamento por feitio, dos grandes ciclos culturais da sua época. 
 
Também ligado à política, o poeta que, com apenas 12 anos de idade, já tinha os seus versos publicados no periódico “O Olhanense” e já trazia na alma o desejo de um dia os publicar em livro. Após a conclusão dos estudos em Faro, partiu para Coimbra para ingressar no curso de Direito que concluiu, ainda que mantendo a sua ligação à escrita e ás publicações regulares em jornais e revistas nacionais. 
 
Em 1901, consegue finalmente publicar o seu primeiro livro, Um ano mais tarde, quando regressa à cidade natal, João Lúcio 
torna-se rapidamente num advogado de excelência devido ao seu poder argumentativo. 
 
É a partir do seu regresso a Olhão que o poeta se torna editor literário do semanário farense “O Sul,” que era um jornal ligado ao Partido Regenerador Liberal de João Franco, em cujas listas concorre e ganha um lugar na Câmara dos Deputados em 1906. 
 
Em 1915, e após a instauração da República, o poeta abandona a política e decide viajar com a sua família pela Europa, tendo publicado o livro: “Na Asa do Sonho”. 
 
Ao regressar novamente a Olhão, o poeta, projecta o referido Chalé que habita mesmo sem que as obras tenham terminado, situado nos Pinheiros de Marim e que hoje dá lugar à Sociedade Polis da Ria Formosa. 
 
Neste local isolado, João Lúcio procurava a inspiração para a escrita, uma vez que já teria abandonado a advocacia e a política. 
É já no seu paraíso que, vem a contrair o fatídico vírus da pneumonia que assolou a região, e que lhe acabaria por ceifar a vida na manhã de 26 de Outubro de 1918, tendo habitado o seu Chalé por escassos meses. 
 
O Chalé de João Lúcio 
 
A localização de um Chalé num local isolado, misterioso e cheio de lendas ancestrais, terá dado lugar a um conjunto de associações míticas à vida do poeta. Ao mesmo tempo, um edifício quadrangular, com três pisos e quatro fachadas, cada uma delas comunicando com o exterior através de quatro escadarias, cada uma destas, virada para um ponto cardeal primário (Norte, Sul, Oeste e Este) e cada uma representando os 4 elementos naturais (Água, Terra, Fogo e Ar) através das representações de um peixe estilizado, uma serpente, uma guitarra portuguesa e um violino, seguramente que explicam a necessidade do povo olhanense em atribuir a João Lúcio o estatuto de poeta e de homem misterioso, a ponto de, durante muito tempo, se temer a entrada no local por se dizer “mal-assombrado”. 
 
Facto que poderá estar associado aos temas que escolhia para escrever, bem como à singularidade do seu Chalé e percurso de vida. 
 
(Actualização:27-11-09)
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Manuela Sabino



-

Patrícia Amado



-

Celeste Martins (Moncarapacho)



-

Mário Centeno



-

António João Eusébio (Moncarapacho)



PUB
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
Hélder​ ​Semedo​ ​despede-se​ ​da​ ​vida autárquica​ e "provavelmente" da vida política

Hélder​ ​Semedo​ ​despede-se​ ​da​ ​vida autárquica​ e "provavelmente" da vida política

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Associação Movimento Juvenil em Olhão vence Prémio "Boas Práticas 2017 - Associativismo Juvenil"

Associação Movimento Juvenil em Olhão vence Prémio "Boas Práticas 2017 - Associativismo Juvenil"

ver mais
 
ACRAL promove debates com candidatos às autárquicas nos concelhos de Faro, Tavira e Loulé

ACRAL promove debates com candidatos às autárquicas nos concelhos de Faro, Tavira e Loulé

ver mais
 
Lagoa:GNR fez 19 detidos em festival de música eletrónica

Lagoa:GNR fez 19 detidos em festival de música eletrónica

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio