siga-nos | seja fã
PUB
 

João Larguito Claro

João Larguito Claro
Imprimir Partilhar por email
09-11-2013 - 22:20
João Maria Larguito Claro, nasceu a 8 de Setembro de 1947 em Olhão, onde frequentou o ensino primário. Prosseguiu os estudos no Liceu Nacional Salvador Correia em Luanda, Angola que terminou em 1964.
 
 
É médico de profissão, tendo como formação Clínica Geral e Dermatológica. 
 
Iniciou a frequência do Curso de Medicina em 1964 nos estudos gerais da Universidade de Angola e terminou em 1973 na Faculdade de Medicina de Lisboa. 
 
Um ano mais tarde iniciou o internato policlínico que concluiu com aproveitamento após a frequência do estágio de cirurgia e medicina, por ter sido integrado no serviço militar obrigatório. 
 
Em Setembro de 1974 foi integrado no corpo clínico do Hospital Militar de Luanda no serviço de dermatologia sob a direção do Dr. Carlos Amaral onde permaneceu cerca de dois meses, sendo colocado numa unidade militar no Leste de Angola, onde iniciou o estudo da especialidade de dermatologia, passando em Dezembro do mesmo ano a integrar o serviço de dermatologia do hospital militar sob a direção do Dr. Manuel José de Matos de Almeida. 
 
De salientar que João Larguito Claro foi encarregado do funcionamento do serviço de combate à Lepra de Angola. 
 
Em 1975 assumiu o serviço de dermatologia do Hospital Universitário de Lunada com a colaboração de técnicos estrangeiros até Outubro de 1977, voltando a ocupar a mesma responsabilidade entre 1979 e 1981. 
 
No ano seguinte, a falta de perspetivas em Angola, levou-o a concorrer a uma das 8 vagas públicas a concurso no Hospital Pedro Ernesto da Universidade Estadual do Rio de Janeiro tendo sido classificado e iniciado a especialização em 1982, terminando dois anos mais tarde. 
 
Em Novembro de 1985 iniciou funções como assistente hospitalar de dermatologia em Macau, onde se manteve até 1990. 
 
Com classificações de “muito bom” ao longo do seu percurso académico, João Laguito Claro, obteve o reconhecimento da especilaidade de dermatologia pela Ordem dos Médicos em Portugal. 
 
Foi bolseiro da OMS Organização Mundial de Saúde em 1987 na área da Lepra em Manilla e também na área das doenças sexualmente transmissíveis. Em 1989, em Sidney, Austrália foi membro da International Union Against the Veneral Diseases and Tremponematoses. 
 
Assumiu vários cargos de direção e chefia em Macau entre 1991 e 93, exercendo simultaneamente funções de assistente hospitalar em dermatologia. 
 
Entre 1993 e 99, assumiu funções no serviço de saúde de Macau, regressando a Portugal com o intuito de disponibilizar os seus vastos conhecimentos e experiências adquiridas ao longo das suas missões no estrangeiro. 
 
Entre 1999 e 2002 foi assistente de dermatologia no Hosital Distrital de Faro. 
 
Passou a diretor clínico do mesmo hospital entre 2002 e 2007 e a partir dessa data, voltou a ser assistente hospitalar de dermatologia. 
 
João Larguito Claro é um exemplo de luta por ideias, por causas e o seu percurso reflete o quanto é possível disponibilizar o saber ao serviço das necessidades de cada realidade, porque se acredita que é sempre possível melhorar a qualidade de vida e o bem-estar das populações. 
 
Em termos de participações públicas é de salientar o fato de ter sido mandatário da coligação “Faro está Primeiro” nas eleições autárquicas de Outubro de 2009 que elegeu Macário Correia como presidente da Câmara Municipal de Faro. 
 
Em 2016 foi distinguido pelo trabalho realizado ao nível do rastreio/triagem teledermatológica, com o prémio de Personalidade do Ano em Telemedicina, distinção atribuída pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), em conjunto com o Grupo de Trabalho de Telemedicina da  Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS).
 
Foi o médico que mais expandiu o apoio do seu serviço aos cuidados de saúde primários, através de teleconsultas em tempo real, aumentando de 562 para 1358, no período entre 2011 a 2015, tendo -se destacado, em 2016, por ter dado a melhor resposta nacional através do rastreio teledermatológico aos pedidos da primeira consulta realizados pelos médicos de família. 
 
No dia 7 de abril de 2017 foi distinguido com a Medalha de Mérito da Saúde, Grau Ouro, atribuída pelo Ministério da Saúde no Dia Mundial da Saúde, por proposta do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde do Algarve, como forma de reconhecimento do seu profissionalismo e dedicação ao longo da sua carreira em prol da melhoria da acessibilidade de todos os cidadãos aos cuidados de saúde, nomeadamente, na área da dermatologia, constituindo-se como uma referência a nível nacional.
 
A distinção foi entregue pelo Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes na sessão comemorativa do Dia Mundial da Saúde que decorreu no Teatro Thalia, em Lisboa.
 
(Actualização:07-04-17)
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Manuela Sabino



-

Patrícia Amado



-

Celeste Martins (Moncarapacho)



-

Mário Centeno



-

António João Eusébio (Moncarapacho)



PUB
 
PUB
 
ÁREA CLIENTES
Loja das Taças
Se és campeão a loja das Taças põe-te o Troféu na mão
ver mais
 
Allô Pizza
Os apreciadores da verdadeira pizza italiana conhecem a casa, local agradável, bom ambiente e boa-disposição.
ver mais
 
Restaurante Os Arcos
A melhor gastronomia algarvia
ver mais
 
 
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
Fardo de droga dá à costa da Ilha da Culatra

Fardo de droga dá à costa da Ilha da Culatra

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Aprovada III fase do Plano de Pormenor da Lejana que prevê terceira circular de Faro

Aprovada III fase do Plano de Pormenor da Lejana que prevê terceira circular de Faro

ver mais
 
II Liga: Leixões vence Olhanense

II Liga: Leixões vence Olhanense

ver mais
 
Fardo de droga dá à costa da Ilha da Culatra

Fardo de droga dá à costa da Ilha da Culatra

ver mais
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio