siga-nos | seja fã
PUB
 

Já disse “obrigado/a” hoje?

Já disse “obrigado/a” hoje?
Imprimir Partilhar por email
11-01-2017 - 23:24
A questão é simples. Celebra-se hoje o Dia Internacional do Obrigado/a.
 
A par de todos os benefícios sociais que o uso desta palavra encerra, é fundamental ter em conta que, ser grato/a faz bem à saúde física e emocional.
 
Todos sabem que não é por se celebrar a 11 de Janeiro este dia mundial que, naturalmente todas as pessoas vão passar a ser mais gratas, generosas e reconhecidas, ainda assim, nunca é demais recuperar os inúmeros benefícios do agradecimento sincero e ponderar uma mudança de atitude, caso não tenha desenvolvido esta capacidade de assumir que os outros nos ajudam a ser mais felizes!
 
Nunca é demais recordar que, muitas pessoas entendem o ato de agradecer como um “sinal de fraqueza” ou submissão, quando é precisamente o contrário. Ser capaz de dizer “obrigado/a” a alguém traduz grandeza, maturidade, solidariedade e educação.
 
O “simples” ato de agradecer facilita naturalmente as relações humanas. É mais fácil criar empatia com uma pessoa educada e mais agradável a convivência com quem agradece uma atitude ou um gesto por muito elementar que nos possa parecer.
 
Dizer ‘obrigado’ mostra boa educação e pode ajudá-lo a fazer novas amizades. Um estudo publicado em 2014 na revista Emotion, demonstra que o agradecimento é um ponto de partida para uma simples conversa que pode evoluir positivamente. E além de aumentar a empatia, a gratidão também reduz a agressão, porque quando se age de forma educada as outras pessoas replicam o comportamento, reduzindo as retaliações com violência.
 
A gratidão pode ser boa para a saúde física e psicológica. De acordo com um estudo publicado em 2012 na revista Personality and Individual Differences, as pessoas gratas têm menos dores e reportam sentir-se mais saudáveis do que as outras pessoas. Outro estudo aponta ainda que a gratidão reduz uma grande quantidade de emoções tóxicas, desde inveja ou ressentimento à frustração ou arrependimento.
 
Por incrível que possa parecer, agradecer também ajuda a dormir melhor e a ter mais autoestima. 
 
Um estudo publicado em 2011 na revista Applied Psychology: Health and Well-Being concluiu que escrever um diário de gratidão melhora o sono. E outro estudo publicado em 2014 destaca que a gratidão melhora a autoestima das pessoas, o que confirma os muitos apontamentos que têm sido publicados acerca do assunto.
 
Nos casais, entre familiares e amigos, um “obrigado/a” cai sempre muito bem. Com os menos conhecidos, é mesmo um ponto de partida para se poder acrescentar algo num ambiente salutar. Por todas estas razões, não dispense um obrigado/a!
 
Já agora e, para que o seu agradecimento seja o mais cauteloso possível, saiba que, na língua portuguesa as senhoras agradecem no feminino e os cavalheiros no masculino! Assim sendo, obrigada pela atenção dada a este artigo que pode melhorar e muito as suas relações interpessoais!
 
Algarve Primeiro
 
 
 
 
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Educação: orientar as crianças para a maturidade emocional



-

Educação: o que não se deve (de forma alguma) fazer a uma criança



-

“Crianças que não brincam, ficam doentes” – Mário Cordeiro



-

Sabe o que é Síndrome de Húbris? É a doença do poder!



-

Sabe identificar um sociopata?



PUB
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
Faro: Queda de tronco na Alameda colocou visitantes em pânico

Faro: Queda de tronco na Alameda colocou visitantes em pânico

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
ALBUFEIRA:Acordo leva Sindicato a desconvocar greve no Clube Med da Balaia

ALBUFEIRA:Acordo leva Sindicato a desconvocar greve no Clube Med da Balaia

ver mais
 
Lagos revive Festa do Banho 29 com Quim Barreiros e Ruth Marlene

Lagos revive Festa do Banho 29 com Quim Barreiros e Ruth Marlene

ver mais
 
Ministro do Ambiente de visita a Tavira e Quarteira esta segunda-feira

Ministro do Ambiente de visita a Tavira e Quarteira esta segunda-feira

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio