siga-nos | seja fã
PUB
 

Doença Pulmonar Obstrutiva

Imprimir Partilhar por email
12-02-2014 - 22:06
Estima-se que a doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) afecte, em Portugal, cerca de 5,3 por cento da população.
 
O que é a DPOC? 
 
É um estado patológico que se caracteriza por uma limitação do débito aéreo (ventilação), geralmente progressiva e com reduzida reversibilidade. A sua origem está normalmente associada a uma resposta inflamatória anómala dos pulmões à inalação de partículas ou gases nocivos., onde o tabagismo se assume também como um responsável. 
 
As alterações patológicas pulmonares conduzem a alterações fisiológicas características, como a hipersecreção de muco, disfunção ciliar, limitação do débito aéreo, hiperinsuflação pulmonar, anomalias das trocas gasosas, hipertensão pulmonar e cor pulmonale. Estas alterações desenvolvem-se em função do processo de evolução da doença. 
 
São grupos de risco as pessoas com: 
 
•Mais de 40 anos de idade, com história de tabagismo superior a dez anos; 
 
•Actividade profissional de risco respiratório comprovado, com exposição a poeiras e a produtos químicos; 
 
•Tosse ou expectoração crónica ou dispneia (dificuldade em respirar) de esforço; 
 
•Deficiência de alfa1-antitripsnina. 
O que pode contrariar a evolução ou progressão da DPOC? 
 
Há evidência científica de que parar de fumar é a única medida que contraria, efectivamente, a evolução da doença pulmonar obstrutiva crónica e a que tem melhor relação custo/benefício. A oxigenoterapia de longa duração é a segunda medida, a seguir a parar de fumar. 
 
Há evidência científica de que os doentes beneficiam de programas de exercício físico, que melhoram os sintomas de dispneia e reduzem o grau de fadiga. O tratamento da doença está directamente dependente da vontade e da capacitação do doente para aplicar o controlo recomendado. 
 
Como se diagnostica: 
 
O diagnóstico faz-se através da realização do exame designado espirometria. Trata-se do meio mais objectivo, padronizado e facilmente reprodutível de medir o grau de obstrução das vias aéreas. A espirometria permite também avaliar a gravidade da doença e orientar a adequada prescrição médica. 
 
Cria, ainda, a oportunidade de adopção de medidas para o controlo de sintomas e prevenção de exacerbações, reduzindo consultas, internamentos hospitalares e absentismo laboral, bem como para a preservação da qualidade de vida do doente.
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Demência: uma realidade na maioria dos idosos institucionalizados



-

Dores a quanto obrigam!



-

Vem ai o Dia Europeu da Doação de Órgãos



-

Dislexia



-

Doença Celíaca



PUB
 
PUB
 
ÁREA CLIENTES
Restaurante Os Arcos
A melhor gastronomia algarvia
ver mais
 
Escola de Condução C.C.S
Escola de Condução para Motociclos e Veículos Ligeiros.
ver mais
 
Loja das Taças
Se és campeão a loja das Taças põe-te o Troféu na mão
ver mais
 
 
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
Mais 30 operacionais do Algarve a caminho de Góis

Mais 30 operacionais do Algarve a caminho de Góis

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Farol Bike Tour terminou no Algarve com 27 faróis alcançados e mais de 1.000 km percorridos

Farol Bike Tour terminou no Algarve com 27 faróis alcançados e mais de 1.000 km percorridos

ver mais
 
FARO:Ass. Bombeiros Cruz Lusa “segue estratégia de modernização e operacionalidade da corporação”

FARO:Ass. Bombeiros Cruz Lusa “segue estratégia de modernização e operacionalidade da corporação”

ver mais
 
Autárquicas:Bloco de Esquerda apresenta candidatos para Loulé

Autárquicas:Bloco de Esquerda apresenta candidatos para Loulé

ver mais
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio