siga-nos | seja fã
PUB
 

Conselhos para prevenir a queda de cabelo

Conselhos para prevenir a queda de cabelo
Imprimir Partilhar por email
13-03-2015 - 21:13
Apesar de se conheceram as principais causas, nem sempre é fácil a tarefa de melhorar e de aplicar as melhores soluções.
 
A queda de cabelo é um problema muito comum, tanto em homens como em mulheres, sendo que o sexo masculino é quem menos se queixa e quem mais sofre com a situação. 
 
Mas as mulheres são quem se sente mais marginalizado em termos sociais pela falta daquele cabelo “ideal”. Seja no masculino ou no feminino, o importante é melhorar o problema e, para tal, têm de ser conhecidas as causas da queda.
 
Por detrás da queda de cabelo estão fatores como a genética que, assume um papel de extrema relevância em muitos casos, bem como o stress, o estilo de vida, os desequilíbrios alimentares, irregularidades no sono, ansiedade a preocupações.
 
Em primeiro lugar, é preciso ter em conta que, quanto mais se preocupar com a queda de cabelo, mais terá um motivo para andar ansioso, stressado e, efetivamente mais propenso ao seu enfraquecimento e queda. 
 
Assim, o primeiro passo é detetar o problema, pedir ajuda para diagnosticar a causa e partir para a solução possível.
 
Ficar a pensar no assunto e a lamentar os fios de cabelo que vão pelo ralo diariamente não é de todo a melhor opção, muito menos aquilo de que precisa para se sentir melhor.
 
Segundo a dermatologista Miriam Sabino de Oliveira, é normal ocorrer uma perda de 100 fios de cabelo por dia e quando a queda ultrapassa esse número deve ser investigada. “A queda excessiva de cabelo pode ter inúmeras causas e muitas vezes pode não ser calvície, que é resultado de uma rarefação (afinamento) dos fios capilares.O abuso de produtos químicos, infecções, stress, uso de medicamentos, anemia e uma dieta pobre em proteínas, são fatores desencadeantes da queda capilar. Mas todos podem ser revertidos quando tratados”, afirma a mesma especialista.
 
Para saber quantos fios de cabelo caiem diariamente recomenda-se fazer um teste. Segure uma mecha, puxe sem muita força e observe quantos fios caíram. A quantidade normal é de no máximo cinco fios. Caso tenham caído mais, já é sinal de uma queda preocupante.  
 
A perda diária de alguns fios de cabelo é um processo natural, pois todos os fios têm o seu tempo de vida. O ciclo do cabelo passa por três fases:
 
1ª Anágena: é a fase de crescimento do cabelo que dura de 2 a 3 anos. Nessa fase, os fios são muito sensíveis a alterações químicas e nutricionais;
 
2ª Catágena: é a fase em que o cabelo para de crescer e o folículo começa a regredir. A duração é de 2 a 3 semanas;
 
3ª Telógena: é a fase após a involução máxima do folículo capilar. Há uma nova fase de crescimento, ou seja, conforme o novo fio vai crescendo, outros vão caindo. Dura de 3 a 4 meses.
 
Existem diversas opções para o tratamento ou redução da queda de cabelo. A dermatologista Miriam Sabino esclarece quais são as soluções mais simples para melhorar esse problema.
 
1 – Reduza o stress. 
O stress pode ser a principal causa da queda do cabelo, já que esse estado facilita a  interrupção do crescimento do fio. Além disso, alterações no sistema imunitário causam inflamações no couro cabeludo, o que afeta o nascimento de novos fios. A melhor forma de tratar essa causa é relaxar, praticar exercício físico e ter uma alimentação equilibrada.
 
2 – Use sempre condicionador. 
Não deixe de usar condicionador ou creme após lavar o cabelo com champoo. Essa é uma forma de facilitar o penteado além de tratar as madeixas.
 
3 - Mantenha o couro cabeludo sempre limpo. 
É normal o cabelo cair durante o banho, pois os fios podem estar na fase telógena. O que não pode acontecer é deixar de lavar o cabelo porque o couro cabeludo pouco limpo também pode causar a queda dos fios.
 
4 – Praticar exercício físico. 
Praticar atividade física também faz bem à saúde dos cabelos. Quando se pratica exercício, liberta-se endorfina, o que alivia o stress e, consequentemente, diminui a perda dos fios.
 
5 – Cuidado com o consumo excessivo de álcool. 
O consumo de bebidas alcoólicas aumenta a produção de radicais livres que podem promover uma inflamação em alguns tecidos, principalmente do couro cabeludo. “Dependendo da inflamação, pode haver o aumento da queda de cabelo. Além disso, o álcool faz com que o corpo exija um esforço maior para a metabolização do etanol, o que gera um desgaste no metabolismo levando à queda capilar”, alerta a médica.
 
6- Não fumar.
O cigarro tem a capacidade de produzir radicais livres no corpo, o que facilita a queda capilar.
 
7- Evitar a automedicação. 
A automedicação pode ser um fator desencadeante da queda capilar, bem como causar sérios danos à saúde. Evite tomar remédios sem a prescrição do médico.
 
8 – Poupe o seu tempo e garanta resultados.
Não confie em receitas milagrosas para tratar o problema de queda de cabelo. Se 
reparou na perda de fios, procure um dermatologista para avaliar as causas e indicar o melhor tratamento.
 
9- Alimentação e problemas hormonais. 
O estado nutricional do paciente é muito importante, através de uma boa alimentação é possível tratar a queda e repor as vitaminas necessárias. Os problemas hormonais estão entre os fatores mais comuns de queda de cabelo. “No caso de alterações hormonais, inúmeras podem ser as possibilidades de diagnóstico e tratamento. Por isso, é importante procurar um profissional para tratar o problema antes que se agrave”, aconselha a dermatologista. 
 
10 – Controle a ansiedade 
A queda de cabelo não cessa da noite para o dia, pelo que é necessário viver com alguma tranquilidade para que melhor possa ultrapassar essa situação. “Quando o cabelo cai devido ao aumento dos níveis de ansiedade, é preciso tentar alterar o estilo de vida”, sugere a dermatologista.
 
É sempre possível melhorar também os hábitos alimentares, o ritmo de vida, o tempo de sono e daí por diante. Um poderoso aliado da queda de cabelo é natural e tem o nome de Gérmen de Trigo. Uma colher de sopa por dia, não tem quaisquer contra-indicações e, é recomendado como um suplemento que pode temperar molhos, saladas, sem que se dê pela sua presença, mas cujos resultados, serão positivos, no tempo. Nada custa mudar de vida em prol da sua saúde!
 
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Leve saúde para a praia: invista em lanches saudáveis!



-

Receitas caseiras para se sentir mais jovem e bonita!



-

Afinal, há sexo no local de trabalho! – estudo mostra realidade desconhecida



-

Afinal, os amigos não são para sempre!



-

A “ciência” do aperto de mão



PUB
 
PUB
 
ÁREA CLIENTES
Restaurante Os Arcos
A melhor gastronomia algarvia
ver mais
 
Allô Pizza
Os apreciadores da verdadeira pizza italiana conhecem a casa, local agradável, bom ambiente e boa-disposição.
ver mais
 
Loja das Taças
Se és campeão a loja das Taças põe-te o Troféu na mão
ver mais
 
 
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
"Crepe Algarvio" estreia-se na Feira da Serra de S. Brás de Alportel pela mão de um talento

"Crepe Algarvio" estreia-se na Feira da Serra de S. Brás de Alportel pela mão de um talento

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Cidade voltou a unir-se em torno da 36ª Concentração de Motos de Faro

Cidade voltou a unir-se em torno da 36ª Concentração de Motos de Faro

ver mais
 
"Crepe Algarvio" estreia-se na Feira da Serra de S. Brás de Alportel pela mão de um talento

"Crepe Algarvio" estreia-se na Feira da Serra de S. Brás de Alportel pela mão de um talento

ver mais
 
Criado Grupo de Apoio à Pessoa Idosa de Lagoa para intervir sempre que necessário

Criado Grupo de Apoio à Pessoa Idosa de Lagoa para intervir sempre que necessário

ver mais
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio