siga-nos | seja fã
PUB
 

Café “pode ser uma fantástica medicina natural”

Café “pode ser uma fantástica medicina natural”
Imprimir Partilhar por email
28-05-2017 - 17:01
O café reúne um conjunto de potencialidades, desde que consumido com moderação e por grupos a quem a bebida não é desaconselhada.
 
Os benefícios do consumo de café são amplamente conhecidos e, até ao momento, estavam muito relacionados com a atividade cerebral.
 
Desta feita, a poderosa bebida vai mais longe na prevenção do cancro.
 
Um recente estudo levado a cabo nas Universidades de Southampton e Edimburgo, publicado na revista BMJ Open, dão conta de mais uma abordagem do café. Os investigadores concluíram que, o líquido negro mais apreciado em todo o mundo, é capaz de prevenir o cancro do fígado.
 
De acordo com as estatísticas, pessoas que bebem cinco cafés por dia vêem o risco reduzido para metade, ainda assim, os investigadores pedem alguma cautela, já que, por exemplo as grávidas não devem beber café e, ainda não se conhecem trabalhos que mostrem as desvantagens do consumo excessivo de cafeína.
 
O estudo revela que, as pessoas que bebem café, têm menos probabilidades de desenvolver cancro do fígado.
 
O trabalho de investigação analisou dados de 26 estudos, que envolviam mais de dois milhões de pessoas, o que levou os cientistas a concluir que, o consumo de café – e até descafeinado – pode reduzir as hipóteses de contrair cancro do fígado. Beber um café por dia baixa, em cerca de 20%, o risco de cancro do fígado, sendo que beber dois reduz o risco em 35%, de acordo com o estudo publicado na revista BMJ Open.
 
Os investigadores acreditam que,  “o café possui uma variedade de benefícios para saúde, e estas últimas descobertas sugerem que pode ter um impacto significativo no risco do cancro do fígado”.
 
Perante estes resultados, o coordenador do estudo, Oliver Kennedy, da Universidade de Southampton, não sugere que “toda a gente comece a consumir cinco cafés por dia”. Admite ser necessária “mais investigação nas potenciais desvantagens do alto consumo de cafeína” e acrescenta que há evidências que este “deve ser evitado por certos grupos, como grávidas”.
 
Ao The Guardian, Peter Hayes, professor na Universidade de Edimburgo, disse que “o café reduz o risco de cirrose e do cancro do fígado. A nossa investigação reforçou que, em moderação, o café pode ser uma fantástica medicina natural”.
 
Em contraponto, são muitos os especialistas que admitem que o café faz bem, “mas não logo após as refeições”, isto porque se suspeita que a bebida retire alguns dos nutrientes essenciais ao organismo. Ao beber o café alguns minutos após as refeições, aumenta a probabilidade de o organismo absorver esses nutrientes e de beneficiar das propriedades do café. Esta tese vai ganhando expressão na comunidade científica, ainda que necessite de mais dados.
 
Algarve Primeiro
 
COMENTÁRIOS
 
MAIS NOTÍCIAS
-

Japão desenvolve células capazes de regenerar miocárdio



-

Cancro: dez sintomas que todos devem saber



-

Colesterol



-

Claustrofobia



-

Ciática



PUB
 
NOTÍCIA MAIS LIDA DO MOMENTO
FARO:Agrupamento de Escolas Pinheiro e Rosa começa ano letivo com refeições vegetarianas na ementa

FARO:Agrupamento de Escolas Pinheiro e Rosa começa ano letivo com refeições vegetarianas na ementa

ver mais
 
 
  
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Autárquicas:António Costa reserva sábado para apoiar candidatos socialistas algarvios

Autárquicas:António Costa reserva sábado para apoiar candidatos socialistas algarvios

ver mais
 
National Geographic elege Lagos entre as 20 melhores cidades mundiais para o surf

National Geographic elege Lagos entre as 20 melhores cidades mundiais para o surf

ver mais
 
Assinado acordo em Lagos que permite construir Oficina Laboral no Estabelecimento Prisional de Silves

Assinado acordo em Lagos que permite construir Oficina Laboral no Estabelecimento Prisional de Silves

ver mais
 
 
 
 
Allô Pizza Escola de Condução C.C.S Loja das Taças Restaurante Os Arcos
» Sociedade» Fichas de Leitura» Desporto» Click Saúde
» Economia» Figuras da nossa Terra» Política» CX de Correio